Casamento árabe: conheça a tradição e os costumes

Casamento Árabe

Casamento árabe: conheça a tradição e os costumes

O casamento árabe costuma ser uma grande curiosidade por conta dos diferentes costumes e tradições do Oriente Médio. Apesar de serem alvo de grande preconceito por conta da religião muçulmana, o casamento árabe é cheio de festa, dança e muita alegria.

Três dias de festa

Aqui no ocidente estamos acostumados a festas de casamento de algumas horas ou que duram no máximo uma noite. Assim que a festa acaba os noivos saem para a noite de núpcias ou já para a lua de mel e todos os convidados partem para suas casas.

Mas não é assim que funciona no casamento árabe. Para eles, o normal é haver três dias de festa, cada um com eventos diferentes.

Primeiro dia

O primeiro dia de festa no casamento árabe é mais ou menos parecido com o nosso casamento civil. É o momento onde os noivos trocam alianças e assinam os contratos, tornando-se oficialmente casados.

Diferentemente do que costumamos pensar, ambos os noivos casam consentindo e não são forçados a isso. Para isso um oficial, que pode ser qualquer homem que saiba das leis islâmicas, fala com cada noivo separadamente para saber se consentem com o casamento.

A noiva dá sua resposta através de um wali, que é um representante. Depois do consentimento, o oficial junta os noivos e os pronuncia marido e mulher.

Segundo dia

No segundo dia a noiva é preparada. As tradicionais tatuagens de henna são aplicadas em suas mãos e pés, mas o detalhe importante é: apenas as mulheres solteiras podem pintar a noiva.

Acredita-se que essas tatuagens de henna trazem fortuna e felicidade para o casamento, além de afastar os maus espíritos que podem atrapalhá-lo.

Em muitos casos a festa dos homens e das mulheres é feita separada. As mulheres se divertem com música e dança enquanto preparam a noiva e os homens conversam e parabenizam o noivo, normalmente bebendo chá.

É também a tradição que a noiva não saia mais de casa até que chegue o outro dia de casamento.

Terceiro dia

No terceiro dia começa a festa de verdade, com muita dança e comilança, além de música alta e todos se divertindo.

A noiva pode acabar usando até 7 vestidos diferentes durante esses três dias, mas segundo a tradição, é obrigatório que o vestido seja branco no terceiro dia.

As roupas no casamento árabe

Como em qualquer ocasião, mas com muito mais glamour, as roupas no casamento árabe são muito coloridas e finas. Além do mais, é comum que as mulheres usem muitas jóias, como grandes brincos e colares pesados de pedras.

A noiva, como dito anteriormente, chega a vestir até 7 vestidos, todos eles muito lindos e cheios de adornos. A tradição pede que seus vestidos tenham mangas para não mostrar o braço e nada de decote, ou um muito discreto.

É comum também que ela seja presenteada com jóias durante toda a festa, especialmente do noivo. Em uma festa de casamento árabe, a noiva certamente se sentirá como uma rainha.

Já as roupas masculinas podem ser mais tradicionais ocidentais, ou então vestimentas tradicionais árabes, como o tobe, juntamente de um item como o keffiyeh, uma espécie de lenço usado na cabeça.

Comidas e bebidas

Ainda que haja uma proibição de bebidas alcoólicas, os casamentos árabes não falham em questão de fartura. É comum que seja servido o Al Kabsa, que se trata de arroz com cordeiro e se come com as mãos.

Também são servidos comidas mais conhecidas por nós, como o kibe, o hommus e o pão sírio. Além disso, são servidos doces como a mil folhas, a belewa, massa folhada recheada com água de rosas e pistache e a burma, massa knafe caramelizada com castanhas.

Já que o álcool é proibido, normalmente as bebidas são chás, água e refrigerantes.

Muita festa e celebração

Durante os três dias de festa, o casamento árabe garante muita dança. É comum que os noivos contratem dançarinos profissionais para se apresentarem, mas mesmo que isso não aconteça, os convidados e os noivos não deixam a festa morrer.

A própria entrada tanto do noivo quanto da noiva é feita com muita música, dança e celebração. Além do mais, não acontece a saída dos noivos. Ao invés, os convidados fazem uma roda com o casal no meio, dançando.

Casamento árabe no Brasil

Descendentes árabes podem fazer um casamento árabe tradicional ou adaptá-lo para ficar mais parecido com o ocidental. Além do mais, caso apenas um dos noivos seja árabe, também pode-se misturar tradições, sempre respeitando as duas.

As festas de três dias são bastante glamourosas e muitas vezes podem acabar sendo demais para a noiva brasileira com um orçamento mais apertado.

Utilizar tradições árabes em um casamento de apenas uma noite é perfeitamente aceitável, além de garantir que seja muito lindo e animado.

Gostou de aprender sobre as tradições e costumes do casamento árabe? Deixe um comentário aqui embaixo e vamos bater um papo 😍

Até a próxima!

Bjss,
Cris Françoise

Nenhum comentário

Adicione um comentário